O TRISTE FIM DO STF