Senadores colombianos e chilenos protocolaram denúncia contra o ditador Maduro no Tribunal Penal Internacional por crimes contra a humanidade

Senadores Colombianos e Chilenos protocolaram denúncia do TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL, o ditador Maduro por crimes contra a humanidade.

O ditador Maduro quer retirar a Venezuela da OEA para não ser alvo de investigações por suas atrocidades e violações aos direitos humanos contra o povo venezuelano: prisões ilegais, violência nas ruas por grupos paramilitares somando centenas de oposicionistas mortos e feridos. 
O caudilho Maduro precisa ser denunciado e julgado pelo TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL por tais crimes que vem cometendo na Venezuela. 
O governo brasileiro tem se mantido muito tímido ( emitindo apenas notas e suspensão no Mercosul ) e tratando Maduro como um líder, mas a chancelaria brasileira precisa ser mais efetiva e atuante como os (100) Senadores da Colômbia e Chile que protocolaram no TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL, o ditador Maduro por crimes contra a humanidade

exame.abril.com.br/mundo/parlamento-da-venezuela-rejeita-saida-da-oea/