SER BILÍNGUE FAZ BEM AO CÉREBRO E PREVINE DEMÊNCIAS DIZ PESQUISADORA