BAN-KI-MOON DENUNCIA VIOLENCIA CONTRA DIREITOS HUMANOS NA ONU