UCRANIA PROMETE SE DEFENDER SE INTERVENÇÃO RUSSA AVANÇAR